Ripercol 20 mg comprimidos para pombos-correio

Ripercol 20 mg 30 comprimidos
Imagem Ilustrativa
Medicamento veterinário indicado no tratamento de ascaridiose (Ascaridia columbae) e capilariose (Capillaria obsignata), para pombos-correio.
7424697
Titular:
Esteve Farma, lda
Av. do Forte 3, Edifício Suécia III, Piso 1
2794-044 Carnaxide

Número da Autorização de Introdução no Mercado:
446/01/12NFSVPT (08 de Março de 2012)
Substâncias ativas (por comprimido):
Levamisol (cloridrato) (20 mg)

Excipientes:
Lactose mono-hidratada
Celulose microcristalina (E-460i)
Talco (E-553b)
Polivinilpirrolidona (E-1201)
Estearato de magnésio
Corante Amarelo A-3 (E-104)
Conserve à temperatura ambiente (< 25 ºC), ao abrigo da luz e da humidade
Pombos adultos: Administre 1 comprimido.
Borrachos: Administre meio comprimido.

Coloque o comprimido diretamente no bico, depois de um jejum de 24 horas. As aves podem ser alimentadas 3 horas após a administração.
Não administre em caso de hipersensibilidade à substância ativa ou a algum dos excipientes.
Não administre a animais que se destinam ao consumo humano.
Não recomendado em aves com menos de 4 semanas.
Não utilize em aves poedeiras cujos ovos se destinem ao consumo humano.
Não utilize nas 4 semanas que antecedem o início do período de postura.
Não administre compostos organofosforados 14 dias antes nem 14 dias após administrar este medicamento veterinário.
Todos os pombos do pombal têm de ser tratados simultaneamente.
Durante os 3 ou 4 dias posteriores ao tratamento, limpe e desinfete todo o pombal.
As pessoas com hipersensibilidade conhecida ao levamisol devem evitar o contacto com o medicamento veterinário.
Use luvas para fracionar os comprimidos e durante a administração aos animais. Lave as mãos após a administração.
Se ocorrer contacto acidental com os olhos ou a pele, lave imediata e abundantemente com água corrente.
Medicamento Veterinário Sujeito a Receita Médica